guidista7

Quando surgiu o Guidismo, as actividades voluntárias ao ar livre eram quase consideradas revolucionárias. De qualquer maneira, Baden-Powell sublinhou a inestimável importância desta ferramenta para a construção da auto-confiança, da consciência de si próprio e do carácter. Hoje em dia, as actividades ao ar livre fazem parte da vida da sociedade, mas o seu valor não diminuiu. O que deve ser lembrado é que tem de haver uma boa razão para fazer uma actividade no exterior. Às vezes, temos a tendência de pensar que uma actividade, por se desenrolar ao ar livre, é boa, mas isso nem sempre acontece. Todas as actividades das Guias têm de ter um objectivo pedagógico e uma estratégia para o atingir, para que contribuam para formação das raparigas, e o ar livre é apenas um meio de atingir esse objectivo.

O propósito de uma actividade de ar livre pode ser o de aprender habilidades que são úteis para a Guia no seu quotidiano, ou que a ajudem a desenvolver outras capacidades, mas também pode ser para desenvolver uma parte do indivíduo. A actividade pode ter como meta reforçar a espiritualidade, aumentar a auto-confiança, encorajar a iniciativa individual, motivar cooperação de grupo, e por aí fora, que ainda podem ser descretizados em diversos objectivos educativos. É importante realçar quais são as actividades básicas que podem ser realizadas por todas, e talvez depois de as habilidades básicas terem sido adquiridas, passar para actividades mais arrojadas, como parte de um desenvolvimento progressivo. As mais valiosas actividades de ar livre podem ser muito simples, como por exemplo, aprender a conhecer diferentes tipos de árvores num parque da localidade ou compreender o funcionamento de um sistema ecológico através do estudo do jardim de uma casa. É muito importante que as patrulhas levem a cabo pequenas actividades em que todas possam participar e nas quais as guias mais recentes tenham oportunidade de aprender técnicas básicas de campo, leitura de mapas, etc.

A grande prioridade que algumas associações dão às actividades exteriores e à vida ao ar livre é para fomentar o desenvolvimento das raparigas e jovens em programas fisicamente activos em ambientes naturais. Isto ajuda-as a apreciarem o campo e o mar e a aprenderem princípios ecológicos básicos. A Natureza pode ser uma força libertadora, ajudando as raparigas e jovens a conhecer as suas forças, limitações e a descobrir a sua própria espiritualidade.

Partilhar esta notícia

Queres Ser Guia?

Formulário Queres Ser Guia

O Que Está A Acontecer
WAGGGS

wagggs

Av. Miguel Bombarda Nº 128, R/C Esq. 1050-167 Lisboa   |   Tel.: 217 938 227   |   Fax: 217 938 228   | 
Direitos de autor © 2017 Associação Guias de Portugal. Todos os direitos reservados.