JUNTA A TUA VOZ POR UM MUNDO SEM VIOLÊNCIA!

 25 NOV artigo 1

Se no dia 25 de novembro, em alguma rua perto de si, ouvir o grito “Junta a tua voz por um mundo sem violência” saiba que essas vozes pertencem às Guias de Portugal e são o culminar de um projeto de educação para a cidadania que envolveu mais de 80 escolas e cerca de 5000 participantes para serem vozes ativas contra a violência.

Dia 25 de novembro é Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres e também o término oficial do projeto “Vozes Contra a Violência”, implementado pela Associação Guias de Portugal (AGP).

No âmbito deste projeto, as Guias realizaram até à data em todo o País mais de 200 ações em cerca de 80 escolas, sensibilizando mais de 5000 crianças e jovens, com idades entre os 6 e os 25 anos, para serem vozes ativas contra a violência. 

Para assinalar o marco, aquela que é a maior associação juvenil feminina em Portugal promove neste dia uma ação de mobilização para o tema da violência contra as mulheres, replicada nas várias regiões do país onde existem Guias.

25 NOV artigo 2

“Vozes Contra a Violência” integra um projeto mais vasto lançado em 2011 pela Associação Mundial das Guias (WAGGGS) em parceria com a Organização das Nações Unidas (ONU) designado de “Stop the Violence, speak out for girls rights” (Vamos pôr fim à violência defendendo os direitos das raparigas). O projeto será implementado, até 2020, junto de mais de cinco milhões de crianças e jovens de todo o mundo.

Em Portugal, a iniciativa começou por ser dinamizada pela AGP junto das próprias associadas, em 2016, em cerca de 50 localidades e abrangendo cerca de duas mil Guias.

Face à ótima recetividade e aos bons resultados alcançados junto das Guias participantes e respetivas famílias, a AGP decidiu em 2017 alargar o projeto às escolas, através de ações de sensibilização conduzidas pelas próprias Guias junto dos seus pares.

 

Falar de violência contra as mulheres aos 6 anos? E porque não?

Estima-se que sete em cada dez raparigas em todo o mundo experienciam algum tipo de violência ao longo da sua vida, que ocorre na esfera privada e pública e assume muitas formas, incluindo a violência no namoro, o bullying, entre outras.

No pressuposto de que a sensibilização para o tema deve iniciar-se nas idades mais jovens, o projeto desenvolvido a nível mundial, e implementado pela AGP em Portugal, assenta num kit de atividades e recursos desenvolvidos para crianças a partir dos seis anos.

Para avaliar o impacto das ações realizadas, a AGP realizou junto de mais de 500 Guias questionários pré e pós implementação do projeto, tendo percebido que é também nessas idades mais jovens (5 aos 11 anos) que alguns preconceitos podem ser mais facilmente desconstruídos.

Na faixa etária dos 12 aos 25 anos, o maior impacto manifestou-se ao nível da prevenção efetiva.

Os questionários revelaram ainda que após a implementação do projeto as Guias sentem que podem fazer algo para diminuir a discriminação de género e violência contra raparigas e jovens mulheres e nos questionários tiveram oportunidade de dar algumas sugestões: alertar a comunidade, ações de sensibilização nas escolas, realizar diferentes iniciativas que promovam a igualdade de género. 

 

Partilhar esta notícia

Queres Ser Guia?

Formulário Queres Ser Guia

O Que Está A Acontecer
WAGGGS

wagggs

Av. Miguel Bombarda Nº 128, R/C Esq. 1050-167 Lisboa   |   Tel.: 217 938 227   |   Fax: 217 938 228   | 
Direitos de autor © 2017 Associação Guias de Portugal. Todos os direitos reservados.